Cuidados dentários para animais de estimação 101

Bigstockphoto

Dores dolorosas e gengivite não têm piedade de ninguém, homem ou animal. Aqui está um guia para ajudar você a manter os dentes e as gengivas felizes e saudáveis.

Muitos donos de animais tendem a ignorar o mau hálito do animal, descartando-o como normal. De fato, o mau hálito, juntamente com gengivas inflamadas ou com sangramento, são sinais de alerta de que seu cão ou gato pode estar desenvolvendo uma doença periodontal dolorosa. Quando se trata da importância da higiene dental do seu animal de estimação, vai muito além de um belo sorriso. Uma boa saúde bucal não só ajuda seu animal a comer confortavelmente, mas também contribui para a saúde geral dos animais. Embora o atendimento odontológico para animais de estimação muitas vezes tenha pouca atenção, o estabelecimento de bons hábitos dentários no início da vida do seu animal de estimação renderá grandes dividendos ao longo de sua vida.

Seja vigilante

Assim como os seres humanos, os animais de estimação precisam de escovações de rotina para ganhar a batalha ao longo da vida com a placa. Conforme seu animal de estimação come, a placa se acumula, eventualmente endurecendo no material calcificado que conhecemos como tártaro. Se a placa é seu arqui-inimigo, o tártaro é seu inimigo mortal. O tártaro não apenas irrita as gengivas, mas também se torna um playground para as bactérias.

Se não for tratada, as gengivas ficarão inflamadas, afastando-se dos dentes e criando bolsas que, você adivinhou, abrigam ainda mais bactérias prejudiciais.À medida que a doença da gengiva progride, as gengivas podem sangrar, as raízes dos dentes do seu animal de estimação podem ficar expostas, os dentes podem soltar-se e seu animal de estimação pode sentir dor ao jantar. Com o tempo, esta bactéria pode encontrar o caminho para a corrente sanguínea do seu animal de estimação, levando a problemas hepáticos e renais. É insidioso, doloroso e, sim, nojento. Mas também é muito evitável.

Cuidado com os sinais de aviso

Não é difícil identificar os problemas de dentes e gengivas do seu animal de estimação à medida que se desenvolvem. Os sinais de aviso são claros. O truque é aprender a não descartá-los. Aqui estão alguns dos sinais de aviso mais comuns.

  • Mal hálito
  • Sensibilidade ao redor da boca
  • Perda de apetite
  • Depósitos amarelos ou marrons nos dentes
  • Sangramento, inflamação e retirada de gengivas
  • Dentes soltos ou ausentes
  • Pawing na boca ou no rosto
  • Dificuldade de mastigar

Aprenda a escovar

Nunca é cedo demais para começar a familiarizar seu animal de estimação com a rotina antiga da escova de dentes. Com elogios e algumas recompensas saborosas, uma rápida lavagem dental pode até se tornar uma experiência de colagem.

1. Comece esfregando os dentes do seu animal de estimação com uma gaze macia. Enrole a gaze ao redor do seu dedo para prendê-lo enquanto você esfrega. Isso irá familiarizar o seu animal de estimação com o processo de escovação.

2. Trabalhe seu caminho até uma escova de dentes de estimação. Escovas de dente de gato e cão especialmente projetadas, bem como cremes dentais, estão disponíveis através da maioria dos varejistas de animais. Não use creme dental projetado para humanos.

3. Concentre-se na linha da gengiva. A linha onde os dentes encontram as gengivas é a área mais crítica a ser esfregada.

4. Passe 30 segundos escovando cada lado da boca algumas vezes por semana.

Inscrever-se na ajuda do seu veterinário

Seu veterinário está lá não só para ajudar com emergências dentárias graves, mas também para ajudar nos cuidados de rotina. Check-ups regulares são essenciais para manter um olhar atento sobre a saúde bucal do seu cão ou gato. Seu veterinário também pode recomendar uma profilaxia - um procedimento de limpeza que requer medicação e / ou anestesia. No caso em que seu animal de estimação está sofrendo de uma condição mais grave, o seu veterinário pode recomendar o curso adequado de tratamento - uma extração de dente, por exemplo.

Se o seu animal de estimação não tolerar a escova de dentes, pergunte ao seu veterinário sobre formas alternativas de retardar o acúmulo de placa entre os exames.

Considere mudar para alimentos secos

Embora não seja tão eficaz quanto escovar, os alimentos secos podem ajudar a manter os dentes e as gengivas do seu animal de estimação saudáveis. Além disso, há vários alimentos, guloseimas e brinquedos disponíveis especificamente projetados para promover a saúde bucal. Verifique o Selo de Aceitação do Conselho de Saúde Bucal Veterinário para se certificar de que ele atende aos altos padrões de controle efetivo da placa bacteriana e do tártaro.

Este artigo foi revisado por um veterinário.